Planejamento de Marketing: 11 Passos que Você Precisa Saber

Planejamento de Marketing: 11 Passos que Você Precisa Saber

O planejamento de marketing é necessário para organizar campanhas publicitárias e aumentar o resultado de vendas, branding e presença digital da sua empresa. 

O marketing vai além de auxiliar no desempenho de uma empresa. Ele colabora e interfere no fortalecimento da marca, produtos e serviços oferecidos pelo negócio. 

O marketing não consiste apenas em um suporte para o setor de vendas. O plano de marketing de uma empresa deve ser direcionado a todas as áreas, para unificar a voz da marca e sua identidade. 

O que é um planejamento de marketing? 

O planejamento de marketing é desenvolvido como um documento base com todas as atividades que serão realizadas ao longo do contrato. O plano publicitário pode variar com base no formato da marca e objetivo de cada cliente. 

Para os profissionais de uma agência de marketing digital, a organização é fundamental. Além dos processos facilitarem as ações internas e o desempenho das ações. 

O planejamento estratégico dever ser elaborado com base na marca do cliente, principais melhorias e pontos específicos que a agência tende a resolver. 

Esse plano de marketing deve ser implementado de forma completa. Sendo um documento utilizado tanto pelo cliente como por todos os envolvidos na ação. 

 

Veja 11 Dicas de Como Fazer um Plano de Marketing Digital

O primeiro passo para desenvolver um plano de marketing digital está em entender o cliente.  Dessa maneira focar no que pode ser melhorado e o que já foi elaborado para a marca.  Avalie a situação de forma completa. Veja abaixo as principais dicas:

1- Entender o Cenário do Cliente 

Quando a agência recebe um cliente novo é primordial realizar uma análise geral da situação da marca.  Seja para construir um site, app, ou ações de divulgação, ou demais serviços.

Portanto todas as atividades de marketing só devem iniciar após uma análise geral e planejamento estratégico. 

2- Planejar Metas e Melhorias 

Após listar todas as deficiências e potencialidades no negócio do cliente, a agência de marketing deve realizar um plano de tarefas tendo como base, quais os objetivos a serem atingidos. Assim os profissionais conseguem adotar um planejamento interno. 

Com base no planejamento de marketing é possível traçar campanhas, fazer testes de implementações, e explorar a criatividade conforme as características do cliente. 

3- Conhecer o Público Alvo

Além de avaliar a situação do contratante, cabe aos profissionais de marketing conhecer a fundo a persona da empresa. Dessa forma, as campanhas podem ser elaboradas com foco na persona ou personas. 

O conhecimento do público também permite estabelecer quais meios de comunicação as ações de marketing serão anunciadas, seja, por meio de publicidade interna, digital ou em redes sociais. 

4- Analisar os Concorrentes 

O briefing dos clientes, normalmente apontam os principais concorrentes. Nesse caso é fundamental avaliar o desempenho das marcas fortes no segmento, destacar as vantagens e trabalhar com base nessas características. 

5- Estabelecer um Período Para as Campanhas

Embora seja feito um contrato com uma agência de marketing digital, as ações exigem um período para início, desenvolvimento e entrega. Portanto, o contratante deve estabelecer um prazo para os resultados e a agência fornecer todos os dados e acompanhamento. 

6- Investir em Ferramentas Para Marketing Digital 

Composto pela mão na massa e muita criatividade, as ferramentas de marketing digital são cruciais para o sucesso da presença digital.

O uso e o entendimento dos dados gerados pelo Google Adwords, Semrush e agências de Seo (Search Engine Optimization), dentre outros, auxiliam no desenvolvimento de campanhas. Bem como ferramentas para envio de e-mail, criação de banner e o controle interno são verdadeiras aliadas ao serviço de marketing digital. 

7- Apresentar o Planejamento de Forma Clara

O planejamento de marketing deve ser apresentado ao cliente, nesse momento a agência consegue estabelecer um período para entrega das demandas. Além de esclarecer dúvidas e pontuar principais melhorias. A exposição do planejamento pode ser feita de forma online ou em apresentação presencial.

Sendo assim o cliente tem maior segurança para iniciar as ações de marketing. 

8- Sumário Executivo. O que é, como fazer?

O sumário executivo, consiste em um documento inicial para o plano de negócio de uma marca ou produto. Nele devem constar informações relacionadas ao negócio:

  • Missão da empresa.
  • Setores de atividades.
  • Capital social.
  • Produtos e tecnologia.
  • Plano de marketing.
  • Elementos de diferenciação.
  • Mercado potencial.
  • Entre outros

O sumário executivo deve expor um resumo do negócio e elencar as vantagens com base nos concorrentes. O documento pode apresentar também tabelas e gráficos com o detalhamento da fonte de recursos e indicadores financeiros.

O documento pode ser desenvolvimento em diversos modelos, conforme o segmento do empreendimento. O arquivo deve apresentar um panorama e projeções financeiras da empresa atual e futuro.

O sumário executivo como ação de Marketing

Invista em especialistas para a criação de um plano de marketing que desenvolva um sumário executivo abrangente e preciso. O que permite acesso aos dados e diagnóstico do negócio.

Além disso, o sumário executivo é importante para os investidores, que buscam dar ênfase ao empreendimento e obter decisões mais assertivas.

Instituições financeiras também podem avaliar o sumário executivo, em caso de empréstimos ou transações financeiras. É um item muitas vezes decisivo.

Quem estiver interessado em sociedades e fusões com outras empresas ou parceiros de negócios, pode disponibilizar seu o sumário executivo para avaliação das vantagens para investir.

Acompanhe a elaboração do seu sumário executivo pela agência de marketing responsável por ele, e faça considerações que possam alavancar o sucesso da marca.

9- Proposta de Valor. O que é como fazer?

O conceito serve para destacar os principais diferenciais de um serviço ou empresa, como forma de atrair o mercado de consumidores e investidores.

A proposta de valor é o ponto fundamental que norteia as pesquisas de mercado e de concorrências, além de definir os melhores atributos.

Nesse documento que faz parte do plano de marketing, será ideal definir as características do produto, marca e os principais atrativos.  Como elaborar uma proposta de valor?
A proposta de valor pode ser elaborada em diferentes estruturas.

O documento deve apresentar um título e subtítulo que definam o serviço prestado.

Além de um resumo do que o cliente irá receber e encontrar no empreendimento.

Focar na identidade da marca, aliado a ações de marketing eficazes, em expressar todo potencial da empresa. Essa estratégia precisa estar bem definida e ancorada nos objetivos e missão da empresa.

O plano de marketing deve destacar ainda uma lista das vantagens da empresa, pois, são verdadeiros aliados que podem auxiliar na divulgação dos serviços.

10- Público Alvo. O que é, como fazer?

Como definir o público-alvo do meu negócio? A dúvida pode ser comum entre diferentes empreendedores.

Por isso, o investimento em pesquisas de campo, acompanhamento e dados sobre consumo e consumidor, são ações que colaboram muito para encontrar seu público-alvo.

Definição das características da marca e produto

É difícil agradar a todos, portanto uma empresa ou produto devem ser desenvolvidos também com base no público-alvo definido.

Você precisa conhecer e entender quem irá comprar seus produtos. O que pode envolver gênero, faixa etária e classe social.

Além disso, o segmento de consumo de cada produto também irá interferir e determinar o processo de divulgação e fortalecimento da marca.

Por isso, o plano de marketing, é fundamental para avaliar os hábitos de consumo do seu público-alvo como localização, formação educacional, poder aquisitivo, entre outros.

Essa etapa é repleta de achismos. Muitos acham que sabem, quem realmente é seu público-alvo, ou pior tem uma ideia errada de quem seja.

Isso interfere negativamente nas suas vendas e frustra suas ações de marketing. Definir o consumidor alvo, esclarece os principais objetivos do seu negócio.

11- O que é Persona?

Um projeto de marketing tem início com a definição da persona. Para isso é vital uma pesquisa que forneça dados sobre o consumidor ideal de uma empresa, produto ou campanha.
Como definir a persona da marca?

A estratégia consiste mapear um personagem (cliente) elaborado com base em informações fornecidas pela marca, além de pesquisa de mercado e avaliação de concorrentes.

O processo da definição da persona irá servir como um guia na criação de conteúdo, ações de marketing, mídia digital e otimizações de SEO (Search Engine Optimization).

A identificação da persona é realizada com base nas seguintes características:

  • demográfica;
  • desafios educacionais;
  • objetivos na vida;
  • motivações;
  • problemas e preocupações;
  • idade;
  • sucessos;
  • fracassos;
  • profissão;
  • desejos;
  • outros.

Diferença de persona e público-alvo

O processo da definição da persona é fundamental para ter resultados satisfatórios em ações de marketing. A persona é desenvolvida por características mais específicas e diferenciadas.

Já a definição de público-alvo atua de forma geral, com base em características como idade, sexo e classe social e não se prende aos desejos únicos do cliente!

Contrate a melhor agência de marketing digital 

Se o foco do seu negócio consiste em posicionar-se melhor no desempenho de seu site, blog ou e-commerces, a aplicação ao planejamento de marketing é essencial.

Por isso, as ações de marketing para captar clientes e aperfeiçoar a comunicação interna, precisa ser contínua e evolutiva.

Davi Defensor                                                                                                                                                         Redator de Escrita Digital para SEO

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu comentário:

Seu nome: