Estratégia de Marca: O que é e como desenvolver uma para a sua empresa?

Estratégia de Marca: O que é e como desenvolver uma para a sua empresa?

A sua marca é um dos ativos mais valiosos da sua empresa. Sendo assim, uma estratégia de marca é um passo fundamental para aqueles que querem se tornar autoridade em qualquer mercado. Sabendo disso, nós desenvolvemos este artigo com as definições e dicas para você melhorar a percepção de valor do seu negócio. 

O que é marca?

Antes de partir para estratégias de fortalecimento de marca é preciso ter esse conceito bem definido. Então saiba, de maneira simples, que marca diz respeito à percepção do público para a sua empresa. Ou seja, ela é a reputação do seu negócio diante do público. 

Consequentemente, uma marca bem sucedida, muito mais que um bom alcance, agrega valor ao seus consumidores. A Apple, por exemplo, é uma empresa que se sobressai no mercado de smartphones e computadores. Poucas marcas são tão fortes a ponto de agregar tanto valor aos seus produtos. 

Por outro lado, nas suas devidas proporções toda empresa, independentemente do tamanho e nicho, deve fazer uma estratégia de marca. Afinal, o fortalecimento dela é fundamental para o crescimento do seu negócio. Continue lendo e aprenda tudo sobre o assunto. 

Qual o papel da marca no cenário atual?

Nos últimos anos, a revolução das mídias digitais transformou completamente a maneira de comunicar-se com o público. O consumidor ganhou voz ativa e hoje pode definir o futuro de um produto, serviço ou até de uma marca.

Em poucos cliques, seus clientes podem publicar sua experiência e compará-la com a experiência de outras pessoas. Por isso, a capacidade de uma marca responder essas questões pode ter um efeito profundo na maneira como são percebidas. 

Esse novo cenário é tão evidente que já existem nichos de mercado cujas principais estratégias das marcas é defender a voz do consumidor. O Tripadvisor que utiliza a opinião dos consumidores para atrair mais pessoas, é o exemplo perfeito. 

Antes de partir para o resto do artigo, você precisa saber que, dentro do marketing 4.0, as marcas devem ser focadas no cliente. Ou seja, criar conexões que ultrapassam as barreiras multicanal a fim de se destacar.

O que é estratégia de marca?

Estratégia de marca nada mais é do que um processo de criação e/ou fortalecimento da sua marca. O branding, como também é chamada, costuma acontecer em três passos. São eles:

  1. Alinhar a marca aos objetivos do seu negócio;
  2. Desenvolver as ferramentas para levar sua marca ao público. Por exemplo: logotipo, site, slogan, identidade visual, etc. 
  3. Por último, e mais importante, é hora de desenvolver a sua marca recém criada ou atualizada. 

Desenvolver uma marca não é tão difícil, contudo tudo irá depender de como você realiza esse trabalho. Assim, para facilitar mais esse processo, separamos 8 dicas para você estruturar sua estratégia de branding. 

O que significa fazer Branding?

Apesar de não ser um conceito novo, estratégias de branding ainda vem ganhando espaço entre os profissionais. Afinal, hoje marca é muito mais do que apenas uma aparência ou um logotipo. Por vezes, ela passa a ter um significado emocional na relação entre uma empresa e seus clientes.

Sua marca, como já dissemos, é o conjunto de percepções que as pessoas têm sobre sua empresa. Nesse sentido, fazer branding é aplicar um conjunto de ações para cultivar essa marca.

Em outras palavras, sua marca é um substantivo, mas branding é um verbo. Quando você cria um logotipo, isso é marca. Quando você desenvolve a voz da sua empresa, isso é marca. Quando você se reúne com sua equipe de marketing para debater uma campanha publicitária, isso é marca.

Qualquer ação que você tome para moldar sua percepção diante do mercado é, em poucas palavras, marca.

O que é rebranding?

Rebranding é o processo de alterar a imagem de uma empresa ou produto já existente. O objetivo é tornar a nova imagem mais atraente para os consumidores. É uma estratégia de marca que envolve a alteração do logotipo, mensagem, nome, símbolos ou uma combinação de todos eles.

Rebranding, portanto, é a criação de uma nova identidade para melhorar a percepção de um produto ou empresa estabelecida. 

Refazer sua identidade pode ser bom para uma empresa, porque pode aumentar as vendas. Para produtos e serviços, o rebranding também pode estender o ciclo vida deles no mercado. No entanto, se você não fizer isso corretamente, pode ser catastrófico para seu negócio.

Um processo de mudança de marca que dá errado pode interromper a conexão de uma empresa com seus clientes fiéis. De fato, pode até tirar todo o significado de sua marca.

Então, se você planeja mudar os rumos da sua marca, é crucial que você saiba os motivos por trás disso. Também é importante prever corretamente quais recursos você usará. 

Há muitas razões pelas quais uma empresa pode querer mudar a marca. Muita imprensa negativa, por exemplo, faz com que as empresas mudem totalmente para sobreviver no mercado. Por outro lado, a mudança de marca pode ser uma resposta à mudança de hábitos do consumidor.

No geral, as empresas repensam suas estratégias de marca de dois modos. Veja quais são. 

Reativo

Uma estratégia reativa ocorre quando a empresa responde, ou seja, ‘reage’ a algo. Talvez ela responda a uma série de eventos que alteraram a imagem da empresa ou de um produto. Isso pode acontecer devido a problemas legais ou publicidade negativa. Também pode ser devido a uma fusão ou aquisição.

Proativo

Se você faz algo proativamente, significa que está agindo com antecedência, em vez de responder. A mudança de marca proativa ocorre quando os executivos da empresa estão pensando no futuro ou veem uma oportunidade de crescimento.

Os possíveis motivos incluem: atingir um novo mercado, mudar o foco ou reconectar-se com os clientes. Às vezes, pode ser simplesmente um desejo de inovar.

Qual a diferença entre estratégia de marca e marketing?

Os limites entre branding e marketing são frequentemente questionados entre profissionais de todos os níveis. Porém a distinção entre os dois é crucial para se comunicar efetivamente com seu público e, finalmente, impulsionar as vendas que sua empresa precisa para ter sucesso.

Entenda em 3 etapas a diferença entre marketing e branding.

1. Marketing é a mensagem, branding é a identidade

Sua marca é o valor único, autêntico e singular que você oferece aos seus clientes. Ela permeia a cultura da sua empresa e é comunicada aos seus clientes toda vez que eles veem, sentem, tocam ou experimentam sua marca. Ou seja, não apenas quando eles veem uma mensagem de marketing.

Em resumo, tudo o que sua empresa faz ou cria é a sua marca. É por isso que é tão importante ter uma estratégia coesa em todos os departamentos da sua empresa.

2. Branding vem antes do marketing

Antes de qualquer ação de comunicação, você deve determinar e definir o valor da sua marca no mercado. Somente então você deve seguir desenvolvendo uma estratégia de marca – seguida, finalmente, pela elaboração de uma campanha de marketing.

Sua estratégia coesa deve abranger tudo, desde a estratégia de negócios até o diferenciador de mercado e a cultura da empresa. Comece com onde você está agora e mapeie onde você precisa estar em 1, 5 ou até 10 anos.

Depois que esse roteiro for definido, você poderá começar a elaborar estrategicamente a identidade da marca que definirá quem você é e o que faz com esse crescimento, de uma maneira clara e compreensível para o seu público e perturbadora e diferenciadora para a concorrência.

O marketing, portanto, principalmente nessa era digital é ferramenta para propagar tudo aquilo que foi definido. Afinal, a mensagem veiculada deve estar alinhada aos objetivos e valores da marca.

3. Marketing é mais controlável

Comparado à marca, o marketing é mais fácil de controlar e compreender. Você escreve as mensagem, escolhe a arte, pública os Tweets, etc. Além disso, a capacidade de mensuração dessas estratégias também é bem maior.

Já quando falamos em branding é diferente. Por mais que suas ações de comunicação influenciam seu posicionamento no mercado, não há como controlar o valor dela. Ou seja, a opinião dos clientes sobre sua empresa. 

Marketing é contar histórias. Por outro lado, a força da marca está em ouvir e não falar. A percepção dos seus consumidores lhe dirá qual é a sua marca – ou o que eles precisam que seja – porque apenas eles sabem.

Marcas mais fortes criam campanhas de marketing que trabalham lado a lado com sua estratégia de posicionamento. Eles ouvem seus clientes e deixam que seus valores, esperanças e desejos definam a posição da marca.

Qual a importância de uma estratégia de marca?

Branding é essencial para os negócios, devido ao impacto geral que causa na sua empresa. Uma estratégia bem definida pode mudar a maneira como as pessoas percebem sua marca, pode gerar novos negócios e aumentar o reconhecimento da sua empresa. Veja a seguir.

Ajuda você a se destacar da concorrência. 

Não importa que tipo de empresa você possui, em que setor se encontra ou que tipo de cliente procura. Qualquer que seja o negócio, cedo ou tarde haverá concorrência. 

As características da sua marca ajuda a estabelecer os motivos pelos quais você é diferente, especial e único. Ou seja, mostra a seus clientes porque eles devem escolher você, e não com seus concorrentes.

Constrói reconhecimento

Uma das principais razões para optar por uma estratégia de marca é porque ela ajuda a tornar sua empresa reconhecida entre os consumidores. 

O logotipo e outros elementos visuais, por exemplo, são fundamentais para sua marca. Afinal, eles são essencialmente o rosto do seu negócio. Investir em design para ter uma identidade visual agradável, portanto, é o primeiro passo para criar melhores primeiras impressões.

Aumenta a percepção de valor 

Uma marca fortemente estabelecida no mercado pode aumentar o valor da empresa. Diante disso, podemos afirmar que o branding ajuda a tornar seu negócio autoridade em seu setor. Consequentemente, bem posicionada, sua marca torna-se mais atrativa para clientes, fornecedores e outros parceiros. 

Cria confiança no mercado

Uma aparência profissional e uma marca bem estratégica ajudarão a empresa a construir confiança com consumidores, clientes em potencial e clientes. As pessoas são mais propensas a fazer negócios com uma empresa com um retrato sólido e profissional. 

Ter uma marca fortalecida dá a impressão de ser especialista no setor, fazendo com que o público sinta que pode confiar em sua empresa, nos produtos e serviços que oferece e na maneira como lida com seus negócios.

Atrai novos consumidores

Uma empresa que faz branding não terá problemas em atrair consumidores. Marcas fortes geralmente significam que há uma impressão positiva da empresa entre os consumidores. Nesse sentido, é provável que eles façam negócios com você devido à familiaridade e à suposta confiabilidade de usar um nome em que possam confiar. 

Depois que uma marca for estabelecida, o boca a boca será a melhor e mais eficaz técnica de publicidade da empresa.

Melhora a experiência dos clientes

Para que sua empresa tenha sucesso, você precisa fornecer uma experiência consistente para seus clientes. Independentemente da interação com a sua empresa, a satisfação do consumidor irá nortear o futuro dos seus negócios.

Nesse sentido, uma boa estratégia de marca permite controlar como as pessoas percebem e experimentam seus produtos e serviços.

Fideliza seus clientes 

Empresas bem sucedidas são aquelas que promovem uma conexão emocional com seu público. Essa conexão, por sua vez, é o que transforma um cliente comum em um entusiasta da marca. Mas como você cria e constrói essa conexão? 

Gestão de marca. Diferentes estratégias de marca (como ter um apelo emocional na voz da sua marca ou até trabalhar a psicologia das cores ao criar sua identidade visual) podem ajudar você a se conectar com seu público em um nível mais profundo a fim de criar um senso de lealdade à sua marca.

Motiva os funcionários

Quando um funcionário trabalha para uma empresa com uma marca forte e realmente está engajado com a proposta da marca, fica mais satisfeito com o trabalho. Afinal, ele tem mais orgulho no trabalho que realiza. 

Trabalhar para uma marca que é respeitável e bem posicionada torna o trabalho para essa empresa mais agradável e gratificante. Ter uma marca preocupada com os funcionários é a melhor forma de satisfazer seus colaboradores para aumentar sua produtividade. Essa satisfação, por sua vez, pode ser feita com um bom trabalho de endomarketing.

Fornece caminhos para suas campanhas

A publicidade é outro componente que compõe estratégias de marca. Isso porque suas campanhas refletem diretamente a marca e seu retrato desejado. Técnicas de publicidade alinhadas ao seu propósito, facilitam a criação de uma estratégia de comunicação coesa e atraente que atenda bem às suas metas do seu negócio.

Quais os elementos trabalhados no branding?

Branding não é apenas criar um novo design para seu logotipo. Você não pode simplesmente criar um logo e dizer “essa é a nossa nova marca”. 

Afinal, sua marca não está relacionada apenas à identidade visual. Mesmo que você combine o design do seu logotipo, com o do site e da loja física, por exemplo, ainda não significa que você está fazendo uma estratégia de marca. 

Os elementos visuais, ao contrário do que muitos pensam, é apenas um detalhe dentro da identidade da sua marca. Ou seja, não são só eles que interferem na percepção de valor da sua empresa. 

Fazer branding significa olhar para tudo o que envolve seu negócio. É sobre como um público-alvo se conecta à sua empresa em vários níveis e através de diferentes pontos de contato da marca. Dito isso, fique atento a alguns dos principais elementos que devem ser visados em qualquer estratégia de marca. 

Posicionamento da marca

Definir seu posicionamento é ter, tanto sua missão quanto seus valores bem definidos. Afinal, eles são a base do seu negócio. 

Pense na sua missão como o cérebro da operação – uma declaração curta e sucinta que define o estado atual e o objetivo da sua organização. Enquanto isso, a visão da sua empresa é o seu coração, fornecendo uma mensagem inspiradora e motivacional do que você deseja alcançar a longo prazo.

Em resumo. você precisará deixar bem claro o que você faz, para quem e como.

O posicionamento da marca é componente principal da sua estratégia de marca. Muitas vezes, é o elemento mais difícil de identificar. Mas, tenha certeza, o tempo e o pensamento que você dedica à essa etapa serão recompensados ​​a longo prazo.

Promessa de marca

Como você deseja se conectar com seus clientes? A promessa da sua marca é o gancho emocional que atrai consumidores os transforma em defensores da sua marca. É uma expressão das necessidades humanas fundamentais que sua marca atende.

Enquanto seu posicionamento trabalha com fatos, a promessa diz respeito a elementos mais intangíveis. Aproveite esta oportunidade para humanizar o objetivo da sua marca. A promessa da sua marca deve ser aspiracional – não há problema em ser grandioso aqui. 

O foco da promessa não está no produto, tão pouco no negócio. Isso porque o objetivo é trazer uma conexão que vá muito além das características dos produtos ou serviços oferecidos. 

Nas campanhas publicitárias da Coca-Cola, por exemplo, vemos muito sentimento envolvido. E, apesar de serem efetivas, a ideia inicial de transmitir valores por meio de um refrigerantes podia parecer bem complicado. 

Diferenciadores de marca

Todas marca de destaque deve se diferenciar. Os diferenciadores de marca são as coisas que tornam sua marca única e as razões pelas quais alguém escolheria sua marca em detrimento de um concorrente. 

Se você trabalhou bem seu posicionamento de marca, talvez já tenha identificado seus diferenciais. Observe os pontos que definiram seu propósito no mercado e veja se eles podem ser um diferenciador para sua empresa.

Você pode encontrar elementos diferenciadores quando:

  • Comunica um benefício específico
  • Utiliza um apelo que não está sendo ou não pode ser utilizado por um concorrente
  • Atende as necessidades de um público específico

A diferenciação não é somente uma preocupação de branding ou marketing. Destacar-se no cenário competitivo pode significar desenvolver um produto que atende um público ou necessidades específicas.

Personalidade da marca

Você também precisa ter um tom de voz e a identidade visual bem definidos para construir uma marca forte. A personalidade da marca é uma ferramenta essencial Uma vez desenvolvida, ela pode ajudá-lo a tomar outras decisões importantes sobre a identidade da sua empresa, como cores, fontes, estilos de foto, tom de voz etc.

Pessoas se relacionam com pessoas. Personificar sua marca, dando-lhe características humanas, ajuda a criar uma marca reconhecível e memorável. As personalidades da marca geralmente aparecem em um guia da marca e assumem a forma de uma lista de três a cinco características.

A Harley-Davidson, por exemplo, além de ter suas cores e logotipo reconhecidos em qualquer lugar, demonstra características de uma marca rebelde, independente e de espírito livre. Ou seja, mais do que status ou qualidade em suas motos, os defensores da marca buscam nela um estilo de vida. 

Para definir a personalidade da sua empresa, você pode selecionar um arquétipo de marca. O psicólogo Carl Jung desenvolveu uma lista de 12 arquétipos, que são personagens reconhecíveis instantaneamente por serem universais e instintivos. Eles atravessam fronteiras e culturas.

História da marca

Entre todos os esforços para colocar uma estratégia de marca em prática, a história pode ser o ponto alto da sua empresa. Afinal, ela incorpora sua personalidade, promessa, diferenciadores e até seu posicionamento. Por isso, antes de criar a sua, saiba que é preciso ser autêntico. 

Uma história de marca não é ficção. É uma narrativa verdadeira sobre quem é sua marca e como ela afeta a vida das pessoas – de maneira real. Ela fala dos grupos sociais dos quais sua marca faz parte.

Todo negócio é apoiado por pessoas – são elas que têm as ideias, que fazem o trabalho, enfim, que fazem sua marca acontecer. A história da sua marca, portanto, é uma maneira de falar sobre como essas pessoas se conectam aos seus clientes.

As histórias da marca costumam aparecer nos guias de marca para uso interno. Por outro lado, também são usadas em materiais de marketing. Essa narrativa pode ser a semente do discurso do elevador da sua marca ou do modelo que você usa para relações com a mídia.

8 dicas para desenvolver sua estratégia de marca 

1. Tenha um objetivo bem definido

Sua empresa crescerá exponencialmente se ela tiver uma marca fortalecida. Contudo, para que isso ocorra, primeiro é preciso saber onde você quer chegar. Suas metas são a base e o ponto de partida para qualquer estratégia de marca e comunicação. Se você tem certeza sobre qual caminho percorrer, já é possível desenvolver o branding do seu negócio. 

2. Conheça seu público

Com quem sua marca irá falar? Se você for muito amplo nesse sentido, estará cometendo um grande equívoco. Empresas de alto crescimento focam em públicos bem definidos. Ou seja, querem estreitar o foco, para concentrar seus esforços e serem mais efetivos em suas estratégias. 

3. Faça pesquisas com seu público

As empresas que fazem pesquisas com seu grupo de clientes tendem a crescer mais rápido. Além disso, aqueles que fazem pesquisas recorrentes conseguem ser ainda mais lucrativas. 

A pesquisa ajuda você a entender a perspectiva, as prioridades e antecipar as necessidades do seu público a fim de lhes entregar a melhor mensagem. Esse recurso também mostra como eles veem os pontos fortes da sua empresa e da sua marca. Sendo assim, reduz drasticamente os riscos de marketing.

4. Posicione sua marca

Feito tudo até aqui, você está pronto para determinar o posicionamento da marca da sua empresa. Ou seja, pode definir os motivos que levarão o seu público a optar por você em vez de seus concorrentes. O posicionamento de uma marca define a essência do seu negócio por muito tempo. Dessa forma, ele deve, além de oferecer uma proposta de valor, cumpri-la.

5. Desenvolva uma mensagem

O próximo passo para uma estratégia de marca é criar mensagens que traduzam o posicionamento da sua empresa. Assim, bem como as mensagens voltadas para o público consumidor, você deve destacar todos os stakeholders da marca – funcionários, parceiros, etc. Afinal, todos devem conhecer e transparecer a missão, visão e valores do seu negócio.

6. Nome, logotipo e slogan

Apesar de muitos acreditarem que uma marca se resume a essas características, não é bem assim que funciona. Para muitas empresas, mudanças nesse sentido nem são necessárias. Por outro lado, se você é uma empresa nova ou reinventou seu posicionamento, a mudança de logo e até de nome pode ser necessária.Isso porque eles são maneiras de comunicar ou simbolizar sua marca.

7. Aposte no seu site

Seu site é  uma das ferramentas de desenvolvimento de marca mais importante. Ele é o local no qual seu público irá recorrer para obter mais informações suas. Assim, mesmo que seus clientes não escolham sua marca apenas com base em seu site, eles podem descartá-lo se ele estiver mal construído.

Seu site é seu espaço dentro do meio digital, ou seja, o lar de todo o seu conteúdo. Nele você pode concentrar todos seus esforços para que seu público encontre e aprenda sobre sua empresa por meio de estratégias de SEO. Afinal, desenvolver conteúdo é a base para qualquer estratégia moderna para tornar-se autoridade e fortalecer uma marca. 

8. Implemente, analise e ajuste.

Assim como qualquer estratégia, implementar é uma das fases finais mais importantes. Afinal, nenhum processo de desenvolvimento de marca é bem sucedido se ficar só no papel. Planeje bem, mas nunca esqueça de colocar em prática. E lembre-se, o branding deve ter como foco seu consumidor final, então fique ligado às necessidades dele.

O rastreamento também é fundamental para chegar ao resultado esperado. Acompanhe a implementação e o desenvolvimento da suas ações. Somente acompanhando todo o processo, você pode fazer os ajustes necessários para percorrer o melhor caminho.

Como uma agência de Branding pode ajudar sua empresa?

As marcas contratam agências que fornecem serviços de branding para estabelecer ou aprimorar sua identidade visual e/ou estratégia de marca. Fazer parcerias com boas agências, portanto, ajuda a expandir seus negócios.

Se você está fazendo um rebranding completo, o contratado deve repensar toda a maneira que você utiliza para se comunicar com o público. No entanto, se você já tem uma marca estabelecida, mas quer renovar sua identidade, é provável que agências de design consigam suprir suas demandas. 

Na prática, contar com especialistas é estabelecer uma estratégia de marca pensada nos mínimos detalhes. Profissionais de branding trabalharão para você definir as diretrizes de identidade que descrevem sua marca. 

Essas diretrizes de marca garantem que a identidade de uma empresa seja preservada e mantida coerente, independentemente do dispositivo visual ao qual ela seja aplicada. 

E então convencido de que uma estratégia de marca pode ser o melhor caminho para o crescimento dos seus negócios? Conheça, portanto, a Camelo Digital! Nós somos uma agência completa, com profissionais especializados prontos para atender todas as suas demandas e oferecer os melhores resultados em branding. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu comentário:

Seu nome: