Desenvolvimento de Aplicativos - Conheça 7 etapas essenciais.

Desenvolvimento de Aplicativos - Conheça 7 etapas essenciais.

Como Desenvolver um Aplicativo?

Desenvolver um aplicativo é um grande desafio. Diversos recursos digitais são necessários para mapear a ideia inicial de um app até sua concepção. Fatores como plataformas operacionais, interface do usuário, objetivo do app, público-alvo, funcionalidades e design fazem parte da construção de um aplicativo.

O desenvolvimento de app é uma solução digital para um problema real.

Neste artigo você descobrir sete passos para avançar na criação do seu app. São informações úteis para te guiar nessa empreitada.

1º Etapa – A Ideia

Uma ideia ou um problema? Você quer criar um aplicativo, mas não tem uma ideia formada de qual será sua funcionalidade? Então o que você precisa é de problemas.

Aplicativos são soluções, ou seja, quais problemas a sua volta, no seu trabalho, no seu tempo, nas suas atividades cotidianas, podem ser resolvidos por um aplicativo?

A primeira etapa é saber o objetivo do seu aplicativo, ou seja, a ideia que vai movê-lo ou o problema que será resolvido por ele. Nesse estágio quanto mais informações você obtiver sobre essa ideia ou problema mais claro, será a finalidade e a forma como ele será empregado.

Empresários inovadores são aqueles que resolvem problemas, eles trazem soluções inimagináveis. O ser humano busca por soluções para sua vida. Uma ideia que resolve um problema, é um aplicativo que tem grandes chances de dar certo.

Exemplos de Aplicativos que resolvem problemas simples:

  • Você já esqueceu de onde colocou o seu celular? E o pior, sempre quando você já está atrasado para sair de casa. Com o app Clap to find, você irá achá-lo, basta bater palmas, que seu celular irá tocar. Ele resolveu um problema enorme para os esquecidos.
  • O app Primeiros Socorros, ajuda a salvar vidas, ele te instrui a socorrer alguém asfixiado, desmaiado ou necessitando de reanimação cardiopulmonar. Ele pode salvar vidas.

Esses dois pequenos exemplos mostram que ao nosso redor existem dificuldades a serem resolvidas e que um app pode ser a resposta certa. Qual problema seu app resolve?

2º Etapa – O Rascunho

Faça um rascunho do seu app, descreva como será a interface, quais serão as informações mais importantes, coloque tudo que você gostaria de ter no seu app. Essas referências irão ajudar no desenvolvimento do aplicativo.

Dessa forma, este esboço permite um ponto de partida para a construção do app. Inclua o fluxo de navegação do usuário, bem como os recursos que serão disponibilizados.

Com isso em mãos, o desenvolvedor ou a empresa de desenvolvimento de aplicativos, irá te dizer o que é possível ou não ser feito, o que deve ser prioridade ou potencializado e principalmente o quanto sua ideia irá custar.

3º Etapa – A Empresa de Desenvolvimento de Apps

É o passo crucial contratar uma empresa de desenvolvimento de apps para transformar seu rascunho em realidade. Ela irá configurar os servidores, o banco de dados, e toda a parte operacional dos sistemas e plataformas.

Diversos fatores de programação para o desenvolvimento do seu app se encontra nessa etapa, como tamanhos de telas, especificações de hardware, configurações, sistemas operacionais, softwares e outras demandas que precisam de pessoal qualificado para desenvolver.

Sendo assim, escolher uma equipe competente que entenda e saiba efetuar todo processo para o desenvolvimento de um app, é vital para que seu objetivo não seja frustrado.

4º Etapa – O Público-Alvo

Para quem é o seu aplicativo? Qual faixa etária, sexo, rede social que usa? Tipo de empresa que trabalha? Quais ou qual problema tem a sua persona? Você precisa entender quem são as pessoas que podem se beneficiar do seu app.

Essa objetividade garante mais engajamento e relacionamento com o usuário, pois você tem o que ele precisa.

Isso vai te ajudar inclusive, na divulgação do seu app, um público específico tem caraterísticas próprias de abordagem e linguagem. Se o seu app fornece informações sobre balada, a linguagem abordada é mais leve e desprentensiosa, ou seja, uma linguagem mais jovem, aqui já se define a faixa etária.

Agora se o seu app é para resolver questões de negócios, então não é para adolescentes, a menos que seu app seja exatamente para fornecer informações de negócios para o público teen, com um vocabulário próprio para eles. Não pense que isso é bobagem, palavras certas geram ações de sucesso.

Se precisar crie um link de formulário e pesquisa no Google  com perguntas úteis sobre a utilidade do seu app. Envie para amigos e colegas, publique em suas redes sociais, se for um app para a empresa envie para os funcionários. Saber identificar a persona do seu app é acertar o alvo e começar com o pé direto.

5º Etapa – O Design

Esta etapa é uma das mais importantes, o design diz sobre a experiência que será apresentada ao usuário. Design também é funcionalidade. A interface do usuário, deve ser o foco principal. Tornar a navegação fluida e intuitiva pode gerar maior conexão com os usuários.

Da mesma forma, as cores, as imagens, a fonte, a escrita, tudo precisa conectar-se ao usuário. O design é o cartão de visita de um app é a primeira impressão.

Inspirar, essa deve ser meta do design no app, despertar a curiosidade, aguçar o usuário a interagir de tal forma que ele queira compartilhar. Um design personalizado cativa o usuário, portanto não economize aqui, contrate só feras, gente que sabe criar com competência, para que seu app seja marcante.

O design de aplicativo precisa ter conceito e um aspecto profissional. Melhor do que isso é surpreender com uma interface de usuário fácil e compreensível.

Um design centrado no usuário requer algumas orientações:

  • considerar a atenção limitada do usuário (seu app precisa em segundos sem convincente);
  • minimizar as ações de touchscreen, ou seja, não fazer o dedo do usuário trabalhar desnecessariamente, levá-lo ao objetivo do seu app, é caminho;
  • conjunto mínimo de funções e tarefas;
  • cumprir seu propósito.

Veja três exemplos de design de app inspiradores:

camelo-digital-desenvolvimento-de-app camelo-digital-desenvolvimento-de-app camelo-digital-desenvolvimento-de-app

 

6º O Sistema Operacional

É importante que você entenda em qual sistema operacional seu app será configurado. Isso vai determinar também o custo e a maior demanda de trabalho para os programadores.

A criação de um aplicativo passa por esta etapa, cada plataforma de ecossistema móvel tem suas especificações, então, avalie qual faz mais sentido para o seu app. Além disso, você pode incluir a qualquer tempo, novos recursos e sistemas operacionais no seu app.

Desenvolvimento de App para Android

Android – Este sistema operacional é o mais conhecido e operante com 78% do mercado de celulares. Com o software de código aberto, o Android permite mais flexibilidade para personalizar seu app.

Os desenvolvedores de app podem explorar sua criatividade, os recursos e as funcionalidades oferecidas. É ter mais autonomia para alterar o desempenho padrão de visualizações.

Aqui o processo pode demorar mais do que no IOS, devido à fragmentação da plataforma, já que os apps precisam ser otimizados para diversos dispositivos (celulares) e suas configurações especificas, como por exemplo, o tamanho da tela.

Desenvolvimento de App para IOS

O IOS é mais estável e exclusivo, a plataforma é ágil e responsiva, os aplicativos podem ser desenvolvidos com recursos tecnológicos que os tornam mais dinâmicos e com menos risco de pirataria. O processo geral de desenvolvimento é mais simples, pois o IOS, já possuem interfaces pré-criadas.

Desenvolvimento de Apps para Ambos os Sistemas

Se você está na dúvida entre Android e IOS, ou se quer os dois, fique feliz, isso é possível. Existem multiplataformas que possibilitam o desenvolvimento de dois aplicativos simultaneamente, um para IOS e outro para Android. Isso pode minimizar os custos e o tempo.

7º Testes

Lançar um aplicativo antes de realizar testes, testes e testes, é suicídio digital. Nem sempre aquilo que é idealizado, na prática, funciona. Faça testes, convoque os amigos, os familiares e os colegas de trabalho. Pessoas comuns e também profissionais críticos da aérea, para fornecer dados de impactos positivos ou negativo do uso do app.

Dessa forma, você vai descobrir falhas no processo, que poderiam fazer do seu app um Titanic. Antecipar-se a isso, pode maximizar o sucesso do seu app.

criação de aplicativo para celular, precisa estar redondo, pois no mundo digital os usuários não têm paciência para falhas, travamentos, layout confuso, elas irão abandonar o app em segundos. Dificilmente o usuário retorna para um app que ele não gostou.

Dessa maneira, teste o máximo que você puder, descubra melhorias, encontre erros, tenha novas ideias e avanços.

Para te ajudar listamos alguns dos maiores erros que você deve evitar no desenvolvimento de um app:

  • Quantidade de Testes insuficientes;
  • Focar mais em número de downloads do que em relacionamento com usuário;
  • Um aplicativo único requer tempo, então não é interessante criar um aplicativo para ontem;
  • Ignorar o feedback dos usuários nos testes;
  • não ter plano de marketing;
  • não oferecer uma solução real;
  • equipe de desenvolvedores inexperiente;
  • focar no que você quer, ao invés, de focar no que o cliente quer.

Espero que essas dicas possam te orientar nessa jornada, se o seu app pode ajudar a melhorar a vida das pessoas, você tem a grande oportunidade de criar algo impar e de real valor, então não desista.

Redator: Davi Defensor                                                                                                                                                                                                                                                              Especialista em Marketing e Tecnologia Digital

One Comment
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu comentário:

Seu nome: